sábado, 6 de julho de 2013

TRANSEI COM MINHA AMANTE, NA FRENTE DO MARIDO

MENAGE A TRES

   
Minha amante, chamada Eliane, casada com... bem, não vou citar o nome do marido para que se alguém vier a ler não identifique a pessoa e ligue a pessoa aos fatos, mas aconteceu assim: essa minha amante é tarada por mim e eu sou tarado por ela talvez porque a gente só consiga se ver muito pouco devido a ela morar noutra cidade então a chance de nos vermos é bem poucas, porque o marido dela que antes viajava bastante a trabalho agora já não viaja mais então....

Mas é assim, eu gosto de provoca-la, e eu estava louco de vontade de transar com ela , mandei um e-mail dizendo que se ela não arranjasse um jeito eu iria até a casa dela mesmo esperaria o maridão sair e bateria na porta, ela respondeu que ia viajar a passeio e ainda completou 
"a coisa que eu mais queria era encontrar vc nessa viagem fugir para um cantinho bem escondidos e fazer amor loucamente",  fiquei matutando com o que ela disse então dei um jeito de descobrir onde eles iriam passear arquitetei um plano pra transar com ela nessa viagem, mesmo ela com o marido eu iria dar um jeito de ficar a sós com ela, mas como fazer isso acontecer, por ser época de inverno então descobri que eles iriam viajar para as serras gauchas .

Como nos dois temos nossas fantasias e gostamos de adrenalina então corremos certos riscos, logo me veio a cabeça que eu iria vê-la então falei pra ela que eu iria e me que ela  me dissesse o hotel que iriam ficar, ela me falou que eu era doido mas falei sou doido sim e vamos fazer doidices juntos, você topa, ela me disse que comigo topava tudo, me lembrei que ela certa vez me disse que a fantasia do marido dela era um menage a três, mas não poderia ser na cidade deles porque ele não queria vinculo com alguém conhecido  e porque ele tinha medo que depois se cruzasse com o dito cujo que comeria a mulher dele, então eu pensei comigo, vai ser dessa vez que  vou comer a Eliane na frente do maridão que fantasia em ser corno então vou fazer acontecer, então eu falei olha vai ser nessa viagem que vamos fazer o menage, ou vai ser agora ou nunca mais você topa? Novamente ela me respondeu que comigo topava tudo, orientei ela então que ela fosse provocando o marido pra que ele topasse também a fantasia, ela disse que iria fazer isso...

Chegando lá ela me passou um torpedo com o endereço do hotel, e dizendo que iriam ficar tres dias, então pensei comigo tres dias é tempo suficiente pra eu fazer acontecer, trocávamos torpedo porque ela não podia telefonar na frente dele, as vezes ela dizia que me passava torpedo de dentro do banheiro pra ele não ver, então combinamos por torpedo que ela iria provocar ele aproveitar a viagem pra realizar a fantasia dele e iriamos fazer acontecer como se fosse casual.

Dei uma desculpa para minha mulher em casa e peguei meu carro então e me mandei pras serras gauchas, já na primeira noite era uma sexta feira, já dei um jeito de me aproximar deles e fazer amizade com eles como se eu nunca a tivesse visto , mas na verdade estávamos combinados, ele me perguntou que eu tava fazendo sozinho ali, respondi que andava estressado do trabalho por isso precisava de umas férias até da família, mas que na verdade eu iria ficar o fim de semana porque não tinha visitado todos os clientes da semana e tinha ficado serviço ainda pra segunda e terça feira...


No sábado durante o dia  dei um jeito de estar por perto quando eles aparecessem, acabamos almoçando juntos, como no hotel tinha numa VAN turística que levava os hospedes para conhecer os lugares, eles foram conhecer a cidade eu dei um jeito de ir junto e fazer amizade, então a cena já estava armada eu só tinha que manipular um pouquinho pra conseguir o objetivo, então durante o dia travei amizade com o maridão dela almoçamos juntos e quando voltamos  para o hotel jantamos juntos também.


durante o jantar estávamos conversando dei um jeito pra conversa pender para sexo, ele me perguntou se eu era casado, falei que estava separado a mais de dois anos por isso viajava tanto sozinho, me perguntaram se eu não sentia falta de uma mulher eu falei que não queria compromisso de novo que meu negocio era namorar uma aqui outra ali e nada de sério, que eu adorava sexo mas casual, não queria me enrolar novamente, levei a conversa pro lado de fantasias  eu falei que a minha era menage com duas mulheres, ele então falou que tb tinha fantasia assim, logo a Eliane falou se vcs podem com duas mulheres eu posso com dois homens também né amor?? Diante das circunstancias o maridão não pode falar nada, pelo contrário ele me perguntou e se fosse você e um casal??? entendi imediatamente o recado,e retruquei seriam vocês por acaso?? ele deu um sorriso maroto e disse porque não, já que estamos falando de fantasias, olhei pra Eliane como se não a conhecesse e perguntei, você topa? Ela falou que topava,m eu então falei só se for pra já... perguntei onde vai ser? Aqui no hotel ou vamos pra um motel, eles responderam pra que motel se a gente já tá pagando hotel.
Como já tínhamos terminado o jantar resolvemos ir pros nossos quartos, na verdade eu fui pro quarto deles, quando entrei ele estava agarrando a Eliane nuns amassos escandalosos, mas ela se livrou dele porque era nosso plano a gente transar na frente do marido, ela se desvencilhou dele e disse amor, agora você vai sentar aqui e vai ver a gente foder... e falando assim abraçou meu pescoço beijou minha boca, e começou a tirar a minha roupa, primeiro abriu minha camisa, e num ritual beijava meu peito  e o maridão dela só observando, ela abriu a minha cinta abaixou minhas calças, minha cueca e abocanhou meu pau como ela sempre fazia quando estávamos juntos, uma das taras dela era me chupar até que eu gozasse na sua boca, só que dessa vez eu não iria gozar na sua boca na frente do maridão, a joguei na cama coloquei a camisinha  e impetuosamente fui pra cima dela com o pau mais duro que um pé de mesa, no meu caso pé de sofá curto e grosso, enquanto eu metia na Eliane o maridão se masturbava vendo a gente foder.

Comigo ela sempre fez sexo anal, mas me lembrei que ela disse que nunca tinha feito anal com o marido pensei comigo, hoje vou fazer a alegria dele , coloquei ela de ladinho lubrifiquei bem pra não machucar,  posicionei meu pau na porta do seu cuzinho, em fui aos poucos enfiando até que ela acomodou bem o meu pau dentro dela, bombei algumas vezes mas evitei de gozar, afastei um pouco e falei, amigo agora é 
sua vez vem comer o cuzinho da sua mulher vem..   hoje ela é putinha de nós dois, ele estava excitado deitou-se no lugar que eu estava posicionou o pau na porta da bundinha dela e enfiou também, a Eliane estava super excitada...  resolvi apimentar ainda mais a brincadeira falei.. vamos fazer uma Dupla Penetração???, ele topou a Eliane não podia falar muita coisa ela estava satisfazendo as taras dos dois  homens dela, o marido e o mante no mesmo quarto , então o marido deitou-se de costas apontando o pau duro pra cima, ela sentou-se em cima até aquele pau desaparecer dentro  dela, me aproximei e falei baixinho, incline-se pra frente que vou comer um cuzinho agora, ela se inclinou, eu posicionei e enfiei devagarinho, e não tive muitas dificuldades porque tanto eu como o marido dela já tínhamos enfiado nossos paus ali, foi relativamente fácil, ela começou a rebolar no meu pau e no pau dele e fazer movimentos provocantes, até que eu gozei, imagino que o marido dela também gozou porque mal ela saiu da posição de dupla penetração nossos paus amoleceram.

Depois de uma noite de sexo de todas as maneiras possivels a tres, eu voltei para o meu quarto satisfeito, afinal eu tinha realizado minha fantasia que era de comer a minha amante na frente do marido.

No dia seguinte não repetimos mesmo porque eu sabia que ela tinha me dito que o marido não concordaria com outro menage, ele tinha medo de que ela gostasse, então ao fim do dia me despedi e voltei pra minha cidade, alguns dias depois eu perguntei pra Eliane o que ela tinha achado da experiencia e ela me disse .......

Nenhum comentário:

Postar um comentário